Programação

poltronas_programacao

bilheteria_alt

Neste trabalho a Cia Vagalume dialoga com várias expressões artísticas, estão presentes no palco a poesia, o teatro, a música e o cinema, reunidos para dar vazão ao sentimento que  todos conhecem, mas  ninguém compreende completamente: “o amor, a mais preciosa canção que harmoniza a sinfonia desavisada de nossas almas.”

 

Dirigido por Dino Bernardi, o espetáculo infantil “A Bruxa Malabé” se apropria da manipulação de bonecos e de uma narrativa regada a canções originais, guardando profunda ligação com o universo infantil. Com duração de 45 minutos e classificação livre, a Bruxa Malabé convida o público a mergulhar na infância, destacando-se como um teatro para toda a família.

 

Humorista Syd Muralha volta a se apresentar, depois um período afastado do palco, onde aproveitou para reciclar técnicas, e trabalhar as anedotas, causos e casos na velocidade da internet.

No show carinhosamente batizado de “Quer ir vai, não quer f…” , Syd Muralha reúne piadas e Stand Up Comedy no mesmo espetáculo e garante que o público vai rir muito em aproximadamente 90 minutos de humor.

 

João, um rapaz que vive com a cabeça nas nuvens, encontra um ovo diferente que traz em sua casca palavras portadoras de um enigma. Este enigma, ao ser decifrado, poderá levar João e seu irmão, José, ao encontro de seus verdadeiros destinos. Mas, para que isso aconteça, João precisará pôr os pés no chão e conquistar o amor de uma princesa que gosta de criar armadilhas para seus pretendentes.

 

Um Ser, prestes a passar por um processo de lobotomização social, entra num estado onírico e começa a revisitar as estruturas fundantes que influenciaram sua constituição. Enquadrado num sistema de padrões arbitrários, que ainda se perpetua, mesmo diante de iminentes sinais de falência, essa figura outorga para si renascer – num Ser híbrido – numa tentativa genuína de desfragmentar as dores advindas de outras gerações para se recostruir a partir de suas ruínas.