Programação

poltronas_programacao

bilheteria_alt


FACEBOOK-Standup

preco_stand_up

O grupo de stand-up comedy “Buracomédia” se apresenta com o comediante Igor Guimarães, sucesso do canal Comedy Central. Igor Guimarães foi destaque na “República do Stand-Up”, produzido pelo canal comedy central. O comediante também já participou de quadros do The Noite como “Rodada da Noite” e “Drunk History”, que também virou um programa no Comedy Central. A apresentação será em conjunto com o grupo Buracomédia, formado em Ribeirão Preto pelos comediantes André Salem, Guilherme Galdino, Renan Mazucato e Robert Siqueira.

 

circo_de_dois_program

Palhaça Jirda chega com Seu parceiro Bisgoio, para fazer aquele que seria o maior espetáculo de todos os tempos –  ela se apresenta e convoca  o público. O que deveria ser  a consagração dessa dupla se torna um grande fiasco em meio a números de grande periculosidade, música e malabares , tudo vai por água abaixo… Ela quer fazer, Bisgoio quer ajudar e a pergunta que todos fazem é… será que isso vai prestar?

curso_de_ferias_teatro_santarosa_alt

Esta oficina propõe o uso do lúdico para abordar jogos teatrais e elaboração de cenas curtas, expressão corporal, técnicas de respiração e técnicas vocais – encerrando com apresentação de uma cena para o último dia de aula.

Venha aprender, se divertir e colocar suas ideias no palco do Santarosa!


william_marks_program

PROMOÇÃO: valor de antecipado nesse sábado até o horário do show: R$ 50,00

Nesse espetáculo, William Marks interpreta os grandes  clássicos de Elvis Presley, através de duetos no telão, arranjos exclusivos no violão… além de contar um pouco da trajetória musical do Rei do Rock. A apresentação tem duração de 1h30  e é livre para todas as idades.

 


quem_nunca_viu_o_mar_program

Quem nunca viu o mar? apresenta uma dramaturgia que levanta questões sobre a perda de alguém próximo e o desejo de alcançar um sonho. A peça retrata a história de uma menina muito doente e pobre que sonhava em ver o mar. Por conta de suas debilitações a ida até a costa fica inviável, e então o seu irmão resolve descrevê-lo através das características de suas próprias letras. A partir desta, vão surgindo outras estórias que compõem uma grande narrativa com a encenação rodeada por referências do oceano. Afinal, “Quem nunca viu o mar, não sabe o que é chorar”.